No dia 17.10 comemorou-se o dia Nacional da Vacinação!
A proteção vacinal foi descoberta a mais de 200 anos, onde os cientistas descobriram que o corpo humano, em sua extrema inteligência e complexidade, era capaz de gerar anticorpos ao receber amostras de vírus/bactérias/fungos já não prejudiciais.
Devido a pandemia, o assunto se tornou mais relevante, não é mesmo? No entanto, sabe-se que a vacinação é orientada nos primeiros dias após o nascimento. Isso ocorre, pois somos privilegiados com o calendário Nacional de Vacinação, proposto pelo Ministério da Saúde.
Sua efetividade, junto ao engajamento da população brasileira, possibilitou que doenças fossem erradicadas (como a varíola) ou diminuíssem muito sua incidência (como caxumba, sarampo…).
Alías, esse ano, em tempo recorde, cientistas de todo mundo tornaram reais a esperança de imunizar e salvar vidas: vivenciamos um momento histórico! Essa agilidade somente foi possível, mediante estudos que, diariamente, buscam a cura de doenças.

Incentivar a pesquisa, e a curiosidade ainda na infância e adolescência, é estimular que futuramente tenhamos mais profissionais habilitados e capazes de promover tanto a cura, quanto a qualidade de vida, perante inúmeras doenças.

Vacinação e Pesquisadores de mãos dadas, tornando capaz a construção do nosso presente e futuro!


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *